domingo, 11 de novembro de 2012

Conexão Toronto

Quando falei que viria pro Canadá muita gente me perguntou: Como assim? O que tu vai fazer lá? Por que tu decidiu isso? 

Então, respondendo à essas perguntas, é o seguinte: há um bom tempo, tipo, quase dois anos, o João e eu começamos a pensar e sonhar em viver uma experiência fora do país. Sempre adorei viajar, adoro conhecer lugares e culturas novas e tinha certeza que não iria me arrepender de uma experiência assim. 

A princípio o João pensava em Irlanda e eu em Austrália ou Nova Zelândia. Aí fomos na Expo Estude no Exterior em 2011 e coletamos informações sobre diversos destinos. Chegamos em casa, conversamos, pesquisamos sobre os países favoritos e nos empolgamos muito com o Canadá, a princípio Vancouver, na costa Oeste. 

O próximo passo foi procurar a agência que nos informou sobre o Canadá e ver quais eram os programas e possibilidades pra nós. Acabamos descobrindo que Toronto se encaixava melhor no nosso perfil porque é uma cidade com muitas oportunidades de cursos, trabalho, é segura, multi-étnica e ainda com muitas belezas naturais. Vancouver, também conhecida como Raincouver, é muito bonita, porém chove muito lá, o custo de vida é um pouco mais elevado e não é tão receptiva com estrangeiros quanto Toronto, principalmente para encontrar emprego. 

Ok, decidida a cidade: Toronto. Agora vamos definir o programa. Haviam várias opções mas, queríamos ter um ano de experiência "abroad" então fizemos um pacote Work and Study de 6+6 meses. O que significa isso: estudando inglês por 6 meses temos direito a ficar mais 6 meses aqui a trabalho. Trabalhar em quê: a escola oferece entrevistas e oportunidades de trabalhos voluntários na nossa área de formação mas, se quisermos trabalho remunerado é por nossa conta.

Após alguns meses pagando o programa, providenciando documentos, exames médicos e esperando ansiosamente pelo visto, tudo deu certo. Que alívio!

Chegando aqui a primeira impressão já foi ótima, a cidade é linda, organizada, segura. No primeiro mês ficamos em uma homestay. Nossa hostfamily foi muito bacana, um jovem casal de canadenses com uma filhinha de 4 meses (o bebê mais lindo que já vi) e dois cachorrinhos super carinhosos. Mas a sensação que a gente tinha era que os únicos canadenses eram nossa hostfamily. Na rua se ouve todas as línguas imagináveis, se vê gente vestida de tudo que é jeito e se come comidas típicas de todas as partes do mundo. Foi muito estranho e ao mesmo tempo muito legal ver tanta diversidade e ver as pessoas se portando e vivendo aqui exatamente como elas viveriam em seu país de origem. 


Agora já estamos acostumados e já experimentamos muitas coisas diferentes. Estamos há dois meses morando em um apartamento, "descobrindo" Toronto e fazendo muitos programas de Canadense. Só agora, nessa semana que passou que resolvemos dar uma de turistas e fomos nos lugares mais famosos. Valeu muito a pena! 

Bom, não vou contar tudo nesse post. Mais posts sobre nosso Canadian Dream estão por vir.

Espero que tenham gostado. :)

Comentem, só assim saberei se devo continuar escrevendo. 

Saudades de todos! S2

Bjinhos, Jovi.

4 comentários:

  1. Jovi querida! Que bom saber que vocês estão felizes e buscando realizar esses sonhos! Aproveitem! Tu pretende trabalhar com maquiagem por aí? Seria um sucesso! beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fran!!
      Vou tentar trabalhar em loja de maquiagem a princípio, porque não tive como trazer meu material de trabalho era muito pesado. Depois, se eu comprar material, quem sabe me arrisco a trabalhar em salão tb! ;)
      Obrigada por acompanhar e comentar!
      Bjão!

      Excluir
  2. Adorei o post Zoviiii... bem legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jaia!
      Vou convocar o João a escrever o próximo comigo.
      ;)
      Bjo!

      Excluir